Última Semana de Aulas

Esta foi a minha última semana de aulas do segundo ano, nem acredito, passou tão depressa. Ainda ontem entrei na ENIDH e para o ano já vou ser finalista. ????

Fiz tantas coisas que, se me perguntassem o ano passado, diria que não eram possíveis. Desde fazermos o primeiro festival de tunas da ENIDH no primeiro ano de existência da Nautituna, reparar um veleiro, fazer este blog e ainda manter um bom aproveitamento escolar.

O festival de tunas, 1ºInfante, foi particularmente desafiante, pois sendo eu a tesoureira de uma tuna tão recente, era difícil gerir todos os montantes necessários para o festival. Felizmente tudo correu bem, pois apesar de às vezes nós entre direção termos discussões e mal entendidos, com a ajuda do resto da tuna, conseguimos ultrapassar os nossos problemas e fazer a nossa tuna crescer.

Sinto que cresci bastante, tanto em maturidade, organização e saber trabalhar em equipa. Conciliar todas as minhas atividades muitas vezes não foi fácil e exigiu perda de algumas horas de sono.
Durante esta última semana, além dos habituais testes uns a seguir aos outros, tivemos as duas últimas atuações da tuna deste ano letivo.

Na sexta à tarde, decorreu um sunset na nossa escola em que a minha tuna e a Tunística tocaram.

No início da tarde aproveitámos para fazer um peddypaper com os Deneb e Betas (os mais novos) da tuna. No meu jogo eles tinha de encontrar 10 copos e monta-los em pirâmide.

No fim todos eles receberam um emblema relacionado com a Tuna, exceto um deles que recebeu dois, pois além do emblema normal, recebeu o emblema da nossa tuna por ter subido para Gama (a hierarquia mais elevada).

Nos primeiros anos de vida de uma tuna, esta deverá escolher uma outra tuna mais velha e com mais experiência para pedir apadrinhamento. A tuna madrinha serve para orientar a tuna nova da melhor forma que deve atuar, ensaiar e ganhar espírito de Tuna.

Nós escolhemos a Tunística para tuna madrinha, pois além de ser uma tuna que nós admiramos bastante, eles já tinham tocado na cerimónia da queima das fitas da nossa escola em 2015, quando a nossa tuna ainda não existia.
A Tunística tocou por volta das 2100 e a Nautituna por volta das 2130. Após isso oficializámos o pedido e oferecemos uma versão pequena da Marilu que ficou a Marilu II e eles deram-nos uma guitarra acústica. Ambos discursámos e no fim cantámos juntos, o que foi um pouco confuso pois temos maneiras diferentes de cantar as mesmas músicas…

A nossa Marilu:

No sábado foi a nossa última atuação, nas festas de Oeiras, e agora só já há tuna em Setembro ????

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *