Como ter um natal mais verde:

No artigo de hoje irei falar de pequenos passos para ter um Natal mais Verde!

Desta vez irei passar o Natal em casa com a minha família!

Como o ano passado passei a bordo do Corvo, este ano foi a minha vez de ficar por terra.

E com isto além de querer aproveitar o natal em grande porque para nós marítimos passar o Natal em casa não é um dado garantido, pelo contrário, também o quero fazer da forma mais verde possível.

Não estou a dizer com isto para não ter as luzes de natal ligadas ou deixar de ter pinheiro, porque isso também não seria capaz.

Decorações de Natal:

Como desembarquei só no dia 6 de dezembro, só aí é que começou a procura dos efeitos para o Natal!

Como já é tradição cá em casa, vamos sempre comprar o nosso pinheiro natural a um Horto, para que tenha raízes.

Sim, nós compramos um pinheiro que dê a possibilidade de mais tarde enterrar na terra!

Eventualmente vou ter um pinhal em casa… hahah

Mas nem todas as pessoas tem propriamente a possibilidade de todos os anos abrigarem um pinheiro no terreno das suas casas.

Por isso fiz uma pesquisa para ver o que seria melhor: o pinheiro artificial ou comprar um vivo cortado…

Artificial ou Verdadeiro:

O pinheiro artificial:

É feito de plástico, conhecido por ser o inimigo nº1 da nossa atualidade…

Sempre cresci a ouvir que as árvores artificiais são mais ecológias que as naturais.

Mas a verdade é que para que uma árvore artificial tenha menor impacto deverá ser utilizada por cerca de 8 natais.

O pinheiro verdadeiro:

Para esta questão, quando for comprar a um Horto ou grande superfície, pode perguntar se a plantação é feita de forma sustentável.

Há também sítios que aceitam os pinheiros após o Natal, para que possam dar uma nova vida a madeira dos pinheiros.

Outras ações que podemos tomar para um Natal mais ecológico:

Reciclar os enfeites de um ano para os outros:

Claro que podemos comprar uma peça ou outra nova para acrescentar algo a nossa coleção de Natal. Mas é importante reutilizar elementos de uns anos para os outros.

Reutilizar papel de embrulho de outros anos ou comprar opções mais sustentáveis.

Fazer as prendas manualmente:

Eu e os meus amigos já combinamos, não só no Natal, mas especialmente nos anos, que preferimos prendas com significado do que apenas uma “coisa qualquer” só para dizer que de facto nos deram algo.

Acabam por ser opções mais ecológicas e com mais sentimento!

Tentar comprar a comida localmente e biológica:

Quer seja num produtor ou num celeiro.

Evitar o desperdício de comida:

No Natal todos gostamos de ter uma mesa farta, mas é importante pensarmos bem no número de pessoas que veem à ceia ou pensar em forma de aproveitar os restos.

Usar luzes LED:

Estas podem poupar em 80% os gastos energéticos em comparação com as tradicionais incandescentes.

Claro que há muitas mais formas de contribuir para um Natal mais Verde, e formas de nos melhorarmos a nós mesmos.

A vontade de melhorar é sempre a melhor forma de começar.

E vocês já pensaram em ter um Natal mais Verde?

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *