A minha Semana Académica

Esta semana foi uma semana em cheio, quando se tem muita coisa para fazer e mesmo assim não se quer perder nada, o corpo é que paga. XD

Eram 2000 do dia 15 quando o professor de navegação astronómica disse que a nossa aula noturna estava cancelada devido às condições atmosféricas. Apesar de estar Super entusiasmada com a aula, fiquei feliz ao mesmo tempo, pois ia poder ir para as serenatas da semana académica que incluem diversas tunas. O ambiente é sempre fantástico pois estão centenas de jovens trajados de diversos cursos, com tradições e até canções e danças diferentes.

No dia 16 foi o ensaio geral da tuna pelas 1800, de seguida fomos todos juntos no comboio e metro a cantar até ao nosso jantar em Entrecampos. Os estrangeiros são os que mais espantados ficam, veem-nos perguntar o porque de verem tantas pessoas com os mesmos tipos de roupa de um lado para o outro da cidade e ainda por cima muitos destes a cantar. ???? Após o jantar, voltei mais uma vez a cidade universitária, mas desta vez com o propósito de assistir ao traçar e aos pedidos de padrinho ou madrinha da tuna.

Na tuna temos uma hierarquia de acordo não só com a antiguidade mas também com o empenho demonstrado ao longo do tempo. Os graus hierárquicos são do mais baixo para o mais elevado: Deneb, Beta e Gama. Tudo isto são nomes de estrelas usadas em navegação astronómica. Os pedidos de apadrinhamento são feitos quando um elemento passa de Deneb a Beta.

Quarta feira, no dia 17, foi o grande dia para a Nautituna, tivemos o enorme prazer abrir o palco da semana académica. Eu estava super nervosa pois nunca tinha feito uma atuação para tantas pessoas.

Como fomos os primeiros a atuar no palco e o sistema de som não estava propriamente preparado para tunas, tivemos partes em que o som não estava bem distribuído pelos microfones. Para nós, também foi confuso porque não conseguíamos ouvir bem o som das guitarras e tivemos de ter o dobro da atenção para nos apercebermos do ritmo das músicas.

Ao aperceber-se que haviam partes da música que não se ouviam como era suposto, um dos técnicos do som resolveu por um dos microfones mesmo em frente à minha boca, pois eu estava à frente do microfone mais à ponta, que era o mais fácil para ele aceder. Eu devo ter feito tal cara que o senhor disse ao meu ouvido para eu não fugir do microfone. Eu estava constrangida pois passou a ouvir-se mais a minha voz, enquanto que numa tuna é suposto ouvir-se as vozes em harmonia.

Apesar destes percalços acabou por correr bem, pois alem das ultimas musicas se ouvirem relativamente bem, os nossos estandartes estiveram de parabéns! ????

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *