De volta à faculdade!

Dois anos após acabar a licenciatura e quase dois anos para acabar o ano de praticante, voltei à faculdade para fazer o mestrado.

Nunca foi o meu plano inicial ir para o mestrado assim que acabasse o ano de praticante, mas a vida dá muitas voltas e temos de nos saber adaptar e arranjar forma de tornarmos maus momentos em bons!

Com o COVID, todos os navios de passageiros pararam e eu fiquei sem trabalho. Mesmo em navios de carga que continuam a operar não está a ser fácil a troca de tripulações.

Sei que há outras opções de trabalho, mas preferi “aproveitar” este tempo de pandemia para voltar aos estudos que teriam de ser feitos mais cedo ou mais tarde.

O que aprendemos no mestrado?

No mestrado aprofundamos um misto do que aprendemos na licenciatura e no nosso tempo de mar.

O mestrado é separado em dois anos: no primeiro temos aulas e o segundo é dedicado à dissertação da tese.

Disciplinas que vou ter no primeiro semestre:

  • Manobra e governo do navio
  • Complementos de navegação
  • Direito marítimo
  • Segurança marítima e proteção do navio
  • Cuidados de saúde
  • Estiva e transporte de cargas
  • Gestão de equipas e de crises.

 

Como foi voltar a escola:

Foi uma sensação estranha voltar à escola. Especialmente em tempos de COVID.

Por enquanto, as orientações que temos são de que iremos ter as aulas todas presenciais.

Ainda não me senti com falta de segurança relativamente ao COVID. No entanto os casos não param de aumentar aqui em Portugal, por isso não tenho bem a certeza se irei ter estas aulas presenciais durante o semestre todo.

Há que manter a mente positiva!

 

Primeiro dia de aulas:

Andar com máscara durante largas horas, é algo que todos nós já estamos habituados…

Ao que eu não estava habituada era a ter aulas, a acordar muito mais cedo que a hora de entrada e da azafama do transito às 7 da manhã.

No mar acordava as 0725 para estar na ponte as 0745.

Hoje acordei as 0640 e cheguei à escola às 0810…

 

As aulas tornam-se muito mais interessantes depois de estar embarcada.

Com isto não estou a dizer que não as achava interessantes, mas agora tenho um ponto de vista completamente diferente.

 

Já tenho o meu primeiro trabalho marcado!

É já no início de novembro!

Irei apresentar um trabalho sobre Contentores- os seus tipos, novas tecnologias e condições de estiva.

Irei aprofundar os conhecimentos nestes assuntos e partilhá-los aqui!

 

 

Hoje é outro dia, desejem-me sorte!

You may also like

4 comentários

  • Boa sorte para o teu mestrado Bárbara 🙂 Embora preferisse saber que estavas no mar, que, presumo, deve ser a tua paixão 🙂 Por falar em paixão, o meu veleiro, o Popeye, volta para o mar amanhã, depois de largos meses em terra para reparação grossa (nova instalação elétrica e motor totalmente retificado – Volvo Penta MD7A com 42 anos) 🙂
    E estou a dar um curso de Patrão de Costa à noite, no Angra Iate Clube. Vou voltar a dar uma olhada no teu blog porque costumas ter umas cenas fixes 🙂 um abraço, Tarcísio, Angra do Heroísmo.

    • Muito obrigada! 😀 Sim preferia estar no mar!
      Boa sorte com o seu veleiro, passado tanto tempo vai saber bem uma voltinha! 😀
      Agora que estou em terra quero ver se volto a postar no blog com mais regularidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *